Liverpool conquista Supertaça Europeia após jogo de loucos

0
Liverpool

Era uma final especial. Afinal, era a primeira vez que a UEFA nomeava uma equipa só de mulheres para arbitrar uma final europeia a nível de clubes. Stephanie Frappart era a árbitra, que, de resto, já tinha feito história em abril quando se tornou a primeira árbira a dirigir um jogo da liga francesa, entre o Amiens e o Estrasburgo, em abril. No jogo da Supertaça Europeia, Stephanie foi auxiliada por Manuela Nicolosi e Michelle O’Neill.

Já o jogo em si, entre Liverpool e Chelsea, foi uma belíssima partida de futebol. Bem disputada, com muitas oportunidades para cada lado e com golos.

O Chelsea, que perdeu o encontro, até se colocou primeiro na frente do marcador. Golo de Giroud após um belíssimo passe de Pulisic. Estava desfeito o nulo aos 36 minutos. E ficou assim até os jogadores irem para o balneário.

Regressados do intervalo, e com Firmino a entrar em campo do lado do Liverpool, a alteração surtiu efeito nos reds: Mané empatou o jogo aos 48 minutos.

Apesar do Liverpool ter estado bem melhor na segunda parte, o empate obrigou as duas equipas a irem para prolongamento. E aí até foi o Liverpool a ficar na frente, com mais um golo de Sadio Mané.

Pouco depois, os blues lá empataram. A árbitra assinalou grande penalidade (há margem para dúvidas) e Jorginho voltou a empatar o jogo para o Chelsea.

O 2-2 manteve-se até final do prolongamento, o que obrigou ao desempate por penaltis. Ia terminar a primeira série de penaltis quando Abraham falhou pelo Chelsea, dando a Supertaça ao Liverpool. Resultado final: Liverpool 5 – 4 Chelsea.

No próximo ano já se sabe: a Supertaça Europeia será disputada no Estádio do Dragão. Era bonito ver alguma equipa portuguesa por lá.

Foto de: Michael Reagan (Getty Images)

DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here